Património imaterial da região Alentejo

“Alentejo, Patrimónios” é o tema do projeto que visa promover o Património Imaterial da Região Alentejo e que está a ser dinamizado pela Direção Regional de Cultura do Alentejo.

De acordo com a DRCAlen, esta 1.ª edição do projeto só tem quatro visitas temáticas devido ao “contexto de pandemia que se vive”, e cada uma terá um número máximo de 14 participantes.

A primeira visita já decorreu e teve como pano de fundo a arte chocalheira, nas Alcáçovas. Estão ainda previstas viagens temáticas em torno dos Barros de Beringel, a 26 de setembro, e cereais e a molinagem no território do rio Mira, em Odemira, a 3 de outubro.

Por fim, está previsto uma visita aos bonecos de Estremoz, que também estão classificados como Património Cultural Imaterial pela UNESCO, a 17 de outubro.

A organização acrescenta que o projeto visa “mostrar a diversidade cultural da região, dignificar os atores do saber-fazer tradicional, valorizar o território em todas as suas especificidades diferenciadoras e provocar novas dinâmicas que ajudem o turismo e a economia locais”.

O projeto “Alentejo, PATRIMÓNIOS” insere-se no Programa de Promoção, Programação e Mediação no Património Cultural, da DRCAlentejo, no qual se incluem um ciclo anual de visitas guiadas ao património construído, um ciclo de Música nas Igrejas, ações de Sensibilização para a Educação Patrimonial, entre outras iniciativas.