Aulas de Karaté de regresso ao Motoclube Alentejo de Elvas

As aulas de karaté estão de regresso à escola do Motoclube Alentejano de Elvas, depois de impedidas durante largos meses devido à Covid-19.

Por esta altura, as aulas realizam-se tendo por base as diretrizes e regras das federações portuguesas de Karaté e Jiu-Jitsu e disciplinas associadas, assim como da Direção-Geral da Saúde.

Ainda antes de abrir a escola aos atletas, revela o professor Paulo Ramalhete, as instalações foram limpas e desinfetadas. Ainda que o Karaté seja uma modalidade de contacto físico, agora essa componente tem de ficar de lado. “Neste momento, não estamos a trabalhar aquilo que se denomina de ‘dois a dois’, ou seja, não há contacto físico entre eles e estão a mais de dois metros uns dos outros”, adianta.

Agora, os jovens “têm vir equipados já de casa” e “os sapatos que vêm da rua, ficam na rua”. Depois de uma paragem obrigatória de vários meses, o importante, garante Paulo Ramalhete, é conseguir  assegurar um regresso das crianças à interação social sem medos.