Espanha fecha discotecas, bares e salões de baile

O Governo e as regiões espanholas acordaram, por unanimidade, ontem dia 14, o fecho de discotecas, bares e salões de baile em todo o país, para tentar travar a transmissão do coronavírus, com grandes focos de contágio nas atividades de diversão noturna.

Além disso, foi também decidido impedir fumar ao ar livre, como por exemplo em esplanadas, sempre que não seja possível manter a distância de segurança de dois metros entre pessoas, uma medida já aplicada por várias regiões espanholas.

O ministro da Saúde, Salvador Illa, e os responsáveis regionais de saúde decidiram coordenar uma série de decisões entre todas as administrações públicas, para travar os surtos de coronavírus, que se estenderam de maneira desigual por todo o território espanhol desde 21 de junho, dia em que terminou o estado de alarme em Espanha.