Champions League: saiba as novas regras da final em Lisboa

Foto: UEFA

A UEFA definiu as novas regras a cumprir pelos jogadores da Liga dos Campeões, evento inesperadamente suspenso desde 11 de Março passado pela emergência sanitária mundial.

Perante a contingência, a autoridade desportiva da Europa estabeleceu regras para um torneio a eliminar com a participação de oito equipas classificadas. A esperada competição terá lugar num período de 12 dias na cidade de Lisboa, os adeptos podem apostar online no seu clube favorito na Betway apostas desportivas.

Foto: UEFA

Para enfrentar a nova situação, que também afectou o desporto, a UEFA fixou uma posição responsável e assumiu seriamente o seu compromisso implantando protocolos do coronavírus que devem obrigatoriamente seguir os jogadores e a equipa de organizadores do evento.

Ao apostar na Betway tem que seguir algumas regras, o mesmo vale para o futebol. O órgão reitor apresentou um documento com as regras que devem cumprir as oito equipas e seus oficiais, incluindo o Manchester City da Premier League. Algumas destas restrições alteram completamente as rotinas de trabalho a que estavam habituados os membros das equipas de elite do futebol da Europa.

Hotéis à porta fechada

As medidas de confinamento estipulam que os jogadores, o pessoal técnico e os outros membros dos clubes não poderão sair dos seus hotéis (local de concentração em Lisboa) durante a competição pelas medidas de segurança assinaladas pela UEFA, nem visitar sítios de interesse da capital portuguesa.

O rigoroso protocolo estabelecido pela UEFA prevê que os jogadores devem dispor de vias de acesso privadas dentro do hotel, uma exclusiva sala de jantar, e ingerir alimentos preparados e servidos por empregados de cozinha da equipa.

Além disso, deverão permanecer afastados do público português, sem ter contato com pessoas à exceção dos membros do grupo. Os diretores não podem almoçar com seus colegas da a equipa adversária antes de um encontro.

No que diz respeito ao vestuário e acessórios de uso pessoal dos membros da equipa, foi comunicado que só podem ser manuseados por pessoal de cada um dos clubes.

Mudanças no alinhamento

Todos os jogadores e equipas técnicas dos diferentes clubes que participam na Liga dos Campeões foram orientados e testados para COVID-19.

As jornadas de testes foram realizadas antes da viagem a Portugal, para descartar um possível contágio. Está previsto fazer um novo teste antes de cada jogo em Lisboa, num tempo máximo de seis horas (antes do encontro) serão conhecidos os resultados.

E se um ou dois testes derem positivo? Para estes casos, as regras da UEFA são claras, se a equipa puder alinhar 13 jogadores e um guarda-redes os jogos podem ser realizados sem inconvenientes. No caso de não concentrar os 13 jogadores mais o guarda-redes o clube poderá recorrer a novas transferências, sem que estas tenham sido registadas previamente.

A UEFA se encarregará de analisar os casos individuais e tomar uma decisão, mas é preciso ter em conta que a Liga dos Campeões não será transferida a partir de 23 de Agosto, se uma equipe não consegue alinhar seu grupo de jogadores, terá que se retirar da partida.

Outras medidas do protocolo

Além das restrições de saída do hotel, testes de coronavírus e testes antidoping, foram definidas outras medidas dentro do protocolo higiénico de prevenção.

Os meios de transporte onde os jogadores se deslocam devem permanecer completamente desinfetados, além disso, serão habilitadas as áreas VIP dos aeroportos para evitar o contato com o público em geral.

Em circunstâncias diferentes os oficiais de controle antidoping estariam perto dos jogadores para observar a amostra de urina. Os espelhos foram colocados em frente aos sanitários para observar quando os jogadores produzem uma amostra de urina, como uma medida de distanciamento social.

Os jogadores poderão trocar bandeirinhas antes de disputar o jogo, mas não poderão trocar a camiseta com outros jogadores.