Brígida Gonçalves: preparação do ano letivo “está a ser estudada”

O próximo ano letivo, ao que tudo indica começará entre 14 e 17 de setembro. Os agrupamentos de escolas têm vindo a preparar este início de ano, tendo em conta a pandemia covid-19 e adaptando o espaço bem como estabelecendo novas regras de funcionamento dos estabelecimentos de ensino.

O ministério da Educação ainda não fez saber todas as diretrizes para este novo ano letivo, pelo que ainda imperam algumas dúvidas no seio dos agrupamentos em relação a algumas situações.

Brígida Gonçalves, diretora do Agrupamento de Escolas nº 2 de Elvas afirma que à semelhança dos restantes agrupamentos que tudo ainda está a ser estudado, nomeadamente na questão da cantina, pois “uma vez que os horários vão ser alterados isso implica a alteração de almoços, também os percursos vão ser diferentes com os horários desencontrados, no entanto ainda nada está definido e é nesse sentido que estamos a trabalhar”.

“Este é um trabalho conjunto entre escola e autarquia para que tudo corra pelo melhor, uma vez que tudo será reorganizado também em termos de funcionários, de forma a não haver aglomerados de alunos”, diz Brígida.

Os agrupamentos de escolas que se preparam, da forma possível, para o próximo ano letivo, que será diferente devido à covid-19, e que terá início entre os dias 14 e 17 de setembro.