Para NERPOR é fundamental criar fundos de investimento regional

A Associação Empresarial de Portalegre – NERPOR apresentou uma proposta à ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, que visa a defesa e apoio para a criação de fundos de investimento regional.

Jorge Pais (na foto), Presidente da NERPOR, considera que “os fundos são uma ferramenta necessária para que algumas empresas superem as dificuldades no acesso a financiamentos”.

No documento redigido pela NRPOR, pode ler-se que “tivesse a coesão territorial recebido ao longo dos anos para incentivação económica dos tais «ostracizados» territórios apenas uma ínfima parte do que todos, incluindo os da baixa densidade, já pagámos e ainda viremos a pagar, para salvar o sistema bancário e a TAP, entre outros «poços sem fundo», e teríamos por certo um país mais harmoniosamente desenvolvido, com vantagens para todas as regiões, do litoral ao interior!

Sem uma malha empresarial mais forte, quantitativa e qualitativamente, nunca mais a baixa densidade do interior vai melhorar! Antes pelo contrário, se nada for feito, as projecções demográficas apontam para que o Alentejo, por exemplo, antes de 2050, perca 15% da população, transformando sobretudo as pequenas localidades em «aldeias fantasma», talvez quando muito com algum aproveitamento turístico…Mas, a oferta já é grande, e vai aumentar significativamente!”

NERPOR considera essencial o apoio aos empresários da região do interior e nesse sentido enviou uma proposta à ministra da Coesão Territorial.