Zonas do Baixo Alentejo em “seca moderada”

O mês de junho classificou-se como “muito seco”, com um valor médio da quantidade de precipitação muito inferior ao normal, apenas 27% do valor médio, anunciou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, “na generalidade das estações meteorológicas os valores de precipitação foram muito inferiores ao normal em quase todo o território, excepto no Algarve e em particular na região de Faro onde foram superiores”.

Uma vez mais, segundo os dados apresentados, voltou a verificar-se uma diminuição significativa dos valores de percentagem de água no solo, em todo o território e um aumento da área em seca meteorológica. No final de junho, verificou-se, em relação ao final de maio, uma diminuição significativa dos valores de percentagem de água no solo em todo o território.

No Baixo Alentejo e em algumas zonas do Algarve, verificam-se valores inferiores a 20%, sendo que há zonas do Baixo Alentejo em “seca moderada”, na nomenclatura do IPMA.