Alcaide de Olivença: “Não há mais contágios porque a fronteira abriu”

As fronteiras entre Portugal e Espanha foram reabertas há duas semanas, sendo que as ruas Olivença, de acordo com o alcaide Manuel Andrade, voltaram a contar com a presença de portugueses.

“Tem-se notado movimento e estou encantado de o voltar a ver”, comenta, adiantando que também fica feliz com o facto da população de Olivença estar a regressar também a território português.

Manuel Andrade lembra o “vínculo especial” que Olivença tem com Portugal, assegurando que o importante é manter todas as medidas recomendadas pelas autoridades de saúde, seja nas deslocações ao outro lado da fronteira, seja no próprio país de origem.

“Se se usar a máscara, se se mantiver a distância social, não haverá nenhum problema. Não haverá mais contágios só porque a fronteira está aberta”, remata.