Monforte recolheu 35 dádivas de sangue

O Grupo de Dadores Benévolos de Sangue de Monforte foi constituído há 12 anos, está integrado na Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre e reúne dadores de Monforte e de Veiros, no concelho de Estremoz.

Normalmente, o grupo organiza, por ano, duas colheitas em Monforte. A primeira deste ano realizou-se, no passado dia 4, excecionalmente na Sala Polivalente Municipal de Monforte, cedida para o efeito pelo Município, devido à necessidade de cumprir as medidas de resposta à pandemia Covid-19 estabelecidas, sendo a segunda colheita em dezembro e a última do calendário anual das colheitas realizadas no distrito de Portalegre pela Associação de Dadores Benévolos de Sangue.

Segundo informação prestada por Carlos Alberto Eustáquio, presidente da Direção da associação, “compareceram 40 dadores com muita vontade de doar o seu sangue; destes, apenas 35 efetivaram a sua dádiva. Estrearam-se a doar sangue três novas dadoras e tivemos a satisfação de acrescentar mais quatro nomes ao registo de medula óssea”.

“Diariamente”, esclareceu o dirigente, “os hospitais portugueses necessitam de mais de mil unidades de sangue, para fazer face às necessidades em componentes sanguíneos dos doentes”.