CAP lamenta apoio do Governo a pequenos agricultores

A chuva intensa, acompanhada de queda de granizo, que atingiu vastas zonas da região centro do país, no passado dia 31 de maio, provocou prejuízos avultados nas explorações agrícolas, nomeadamente para a cultura da cereja, pêssego e vinha.

Em causa estão prejuízos de cerca de 20 milhões de euros, de acordo com o Ministério da Agricultura. A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) veio solicitar apoio ao Governo, para os pequenos agricultores e vem agora lamentar o pouco apoio prestado.

José Eduardo Gonçalves (na foto), vice-presidente da CAP, lamenta que “em 20 milhões de euros de prejuízo, o Governo decida apoiar os pequenos agricultores em 40 mil euros”. Além da verba ser muito inferior à totalidade dos prejuízos, a CAP contesta ainda o facto de que, para terem acesso às verbas, “os agricultores tenham de apresentar faturas que comprovem o investimento”, argumenta este dirigente.

Segundo a CAP, o anúncio, em meados de junho, de uma linha de crédito para quem teve perdas totais não desagrava o problema, antes o agrava, criando mais endividamento.