Mais um morto e oito infetados no Alentejo desde ontem

O Alentejo, nas últimas 24 horas, subiu para dez mortes (duas no concelho de Beja e oito no concelho de Reguengos de Monsaraz) por Covid-19, no relatório da Direção-Geral de Saúde (DGS) apresentado nesta sexta-feira 3 de julho. Na região, o número de mortos subiu para dez, mais um que ontem e o número de doentes infetados aumentou para 507, mais oito que ontem, um acréscimo de 1,6%.

Na distribuição da DGS por concelhos, nos 22 municípios do Alentejo com três ou mais casos Covid, surgiram duas alterações: mais um caso em Évora (de 56 para 57) e Vila Viçosa voltou a sair na lista (agora, de novo, com menos de três casos).

Os concelhos alentejanos com maior número de infetados, segundo a DGS, são Reguengos de Monsaraz (125), Moura (71), Évora (57), Santiago do Cacém (23), Beja, Grândola (ambos com 21), Odemira (15), Serpa (14), Elvas, Alcácer do Sal (ambos com 11), Montemor-o-Novo (10), Portalegre, Redondo e Vendas Novas (os três com nove).

Na última semana, no Alentejo, as percentagens diárias de aumento do número de pessoas infetadas têm sido as seguintes: sexta-feira 26 de junho 9,7%; sábado 27 de junho 4,0%; domingo 28 de junho 0,9%; segunda-feira 29 de junho 1,3%; terça 30 de junho 1,5%; quarta-feira 1 de julho 1,4%; quinta 2 de julho 1,6%; e sexta-feira 3 de julho 1,6%.

Pela sua saúde e pela saúde de todos, a Rádio ELVAS aconselha a lavar ou desinfetar as mãos muitas vezes, manter uma distância mínima de dois metros com outras pessoas e usar máscara sempre fora de casa, agora com mais pessoas nas ruas.