Primeira morte por Covid-19 no lar de Reguengos de Monsaraz

O Lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS), em Reguengos de Monsaraz, registou ao final do dia de ontem, quarta-feira, dia 24, a primeira morte por Covid-19. O idoso encontrava-se no lar e tinha já testado positivo.

O concelho de Reguengos de Monsaraz conta com 122 casos positivos de Covid-19, oito dos quais curados e 114 ativos: 92 no lar e 22 na comunidade.

Estes números verificam-se num universo de cerca de 700 testes realizados até ao dia de ontem, no qual foram conhecidos resultados de mais de 250 testes.

Ontem, registaram-se 26 novos casos e todos eles já estavam em quarentena e tinham cadeias de transmissão conhecidas.

Relativamente ao lar, encontram-se quatro utentes no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), um dos quais em cuidados intensivos. De entre os profissionais regista-se um internamento.

Os restantes profissionais positivos estão a recuperar nas suas residências e os utentes do lar que tiveram segundo teste negativo foram transferidos para um equipamento de primeira linha em Reguengos de Monsaraz (8), tendo os restantes ido temporariamente para a residência de familiares (5).