Cruz Vermelha de Elvas suspende visitas no interior da instituição

Perante o aumento do número de casos de infeção por Covid-19 na região Alentejo e depois do foco de casos positivos no lar da Fundação Maria Inácia Perdigão Silva, em Reguengos de Monsaraz, alguns lares de Elvas e Campo Maior optaram por suspender as visitas a utentes das instituições.

O Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha suspendeu, no final da semana passada (dia 18), as visitas no interior da instituição.

Os familiares “têm ainda a opção de ver os utentes através do vidro, à entrada da instituição e através de video chamada”, de acordo com Isabel Mascarenhas (na foto), diretora do centro.