Jovem agredido com arma branca em Portalegre

No dia 21 de junho, em Portalegre, um jovem de 25 anos de idade, foi alvo de agressão no abdómen, através da utilização de uma arma branca, após discussão na via pública com outro indivíduo. No âmbito das investigações que continuam a decorrer, o Comando distrital da PSP de Portalegre já identificou o agressor e conseguiu recuperar a arma utilizada para a prática crime. O caso foi entretanto comunicado ao Ministério Público da comarca de Portalegre.

O Comando distrital da PSP de Portalegre, entre os dias 15 e 21 de junho, deteve ainda quatro homens com idades compreendidas entre os 16 e os 66 anos de idade, dos quais, um por posse de arma proibida; um detido por prática de crime de violência doméstica; outro por condução de viatura sem habilitação legal. Os 3 foram todos constituídos arguidos, submetidos a termo de identidade e residência, passando os processos à fase de inquérito. O quarto indivíduo foi detido por cumprimento de um Mandado de Detenção e Condução, emitido pelo Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre.

Quanto a sinistralidade rodoviária, em Elvas registaram-se dois acidentes de viação dos quais resultaram danos materiais nas viaturas intervenientes.

A PSP no mesmo período realizou diversas ações de sensibilização em Elvas e Portalegre, tais como: uma ação de visibilidade em zonas de maior aglomeração de população e em locais referenciados pela prática de ilícitos criminais e de maior acumulação de tráfego e sinistralidade rodoviária; duas ações de fiscalização e sensibilização a vários estabelecimentos comerciais, a fim de verificar o cumprimento por parte de comerciantes e clientes, das normas de segurança a serem adotadas face ao Estado de Calamidade; três operações de Fiscalização no âmbito da Operação Floresta Segura; uma ação de fiscalização no âmbito das armas e explosivos.

A PSP realizou ainda operações de fiscalização rodoviária, tendo sido controlados 410 veículos/condutores e detetadas várias infrações, das quais se destacam oito por falta de inspeção periódica da viatura; uma por falta de seguro obrigatório da viatura; quatro por desobediência à sinalização rodoviária e 23 por excesso de velocidade.