Elvense infetada pela segunda vez por Covid-19 (c/som)

Érica Silva, de 21 anos, é o 11º caso de infeção por Covid-19 no concelho de Elvas.

A jovem encontrava-se a residir em Peniche e, três dias depois de uma deslocação ao Porto, começou a sentir um cansaço extremo e faltas de olfato e paladar.

No dia 6 de maio, realizou o teste à Covid-19 e obteve o resultado positivo. Após “20 dias de isolamento, em Gaia”, Érica Silva testou negativo à Covid-19 e, no início de junho, regressou a Elvas, tal como a própria referiu em declarações à Rádio ELVAS.

Depois de receber o teste negativo, Érica Silva estranhou quando, no dia 10 de junho, voltou “a ter os mesmos sintomas, entre eles a perda total de olfato e paladar e cansaço”. Primeiro, ainda pensou tratar-se um uma simples gripe. Mas, por “já ter estado em contacto com familiares”, decidiu ligar para a Saúde 24. “Fiz o teste e acabou por dar outra vez poisitivo”.

Érica Silva refere que tomou “todas as medidas recomendadas pela Direção-Geral da Saúde”, até porque, antes de ter sintomas, tinha um teste negativo. A jovem não tem noção de onde pode ter contraído o vírus e lamenta que “seja acusada de estar em contacto com as pessoas de forma imprudente”.

Segundo Érica Silva, os familiares com quem esteve em contacto já foram testados à Covid-19, tendo recebido resultados negativos. Érica Silva encontra-se em casa a recuperar e aguarda, esta semana, para voltar a fazer o teste de despistagem.