Secretário de Estado na Unidade de Testes da Universidade de Évora

O secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional (e Autoridade de Coordenação da Situação de Calamidade na Região do Alentejo), Jorge Seguro Sanches, e o presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, nesta terça-feira dia 9, visitaram as instalações do Laboratório de Virologia Vegetal da Universidade de Évora, onde funciona a Unidade de Testes à Covid-19.

Esta unidade conta com uma equipa constituída por cerca de uma dezena de membros, onde já foram feitos mais de 23 mil testes. A reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, e uma equipa de investigadores e professores acolheram os visitantes, entre os quais se contavam diversas entidades regionais.

“É uma evolução muito positiva que vejo neste laboratório e isto corresponde àquilo para que o Alentejo se preparou, nos últimos meses, que é ter meios de combate à pandemia”, afirmou aos jornalistas o secretário de Estado, no final da visita.

Com uma capacidade de realização de mais de 300 testes por dia, este laboratório contribui para despistar situações que surjam no Alentejo. O governante alertou ainda que o problema não está resolvido pelo que convém manter esta capacidade de testagem, para que os especialistas de saúde pública possam identificar e fazer o rasto de todas as situações epidemiológicas que surjam ou venham a surgir.

“A doença não vai parar, o desconfinamento vai levar a que situações destas necessitem ser identificadas com rapidez e com segurança”, explicou ainda Jorge Seguro Sanches, elogiando o trabalho constatado, “que nos deixa satisfeitos a todos e mais descansados no futuro”.