Vendas Novas cria novas esplanadas para as casas de bifanas

O Município de Vendas Novas decidiu apoiar o comércio e a restauração local com um conjunto de medidas que visam facilitar a adaptação ao Plano de Desconfinamento aprovado pelo Conselho de Ministros.

Para além da isenção de pagamento de qualquer taxa de publicidade e ocupação de espaço público até final de 2020 e da simplificação do processo de criação de novas zonas de esplanada (bastando apenas enviar um e-mail com essa intenção), o Município de Vendas Novas anuncia agora, em conjunto com os proprietários, a dinamização de áreas para novas zonas de esplanadas específicas para os estabelecimentos de Bifanas de Vendas Novas.

Assim, na zona da Boavista, vai ser ocupada uma parte de espaço público e encerradas ao trânsito duas das ruas paralelas à EN4, em frente ao Super Boavista e à Casa Serrudos, para que as mesmas sejam convertidas em zonas de esplanadas que vão servir os vários estabelecimentos dessa zona, situados em ambos os lados da estrada.
Outras casas de bifanas e espaços de restauração e bebidas também terão novas áreas de esplanadas, no âmbito do processo de simplificação já referido.

Para além da afirmação de Vendas Novas como Capital da Bifana, esta solução do Município de Vendas Novas visa apoiar um dos setores de atividade mais afetados durante a pandemia, possibilitando aumentar os espaços de venda, face às limitações de ocupação existentes, garantir o distanciamento necessário entre clientes, de modo a prevenir o risco de contágio pela Covid-19, defender a economia local e a manutenção do emprego.

Na próxima semana, o Município vai distribuir, a todo o comércio e restauração, um “kit” com equipamentos de proteção individual e um cartaz informativo, para que os empresários e clientes se sintam seguros e protegidos.