Criança de cinco anos em paradeiro incerto

Rudi (na foto) tem cinco anos e atualmente encontra-se em paradeiro incerto uma vez que deixou a casa onde reside, em Elvas, com a tia e a avó, na passada segunda-feira, dia 18, na companhia do pai.

A mãe, Lisandra Verruga, encontra-se imigrada em Inglaterra desde outubro do ano passado. A guarda partilhada com o pai do seu filho não lhe permitiu levar a criança consigo quando decidiu procurar melhores condições de vida deixando-o à guarda da irmã.

Lisandra Verruga avançou à Rádio ELVAS que “o pai do seu filho levou a criança na passada segunda-feira, uma vez que fazia anos e tinha direito a passar do dia com o menino. A entrega tinha que ser feita até às 18 horas desse dia mas até agora nada. Ele (o pai) enviou-me uma mensagem na noite de segunda-feira a dizer que não ia devolver o menino e que ele ia ficar a viver com ele”.

Segundo fonte da Rádio ELVAS, no Tribunal de Elvas decorreu uma ata de Conferência de Pais, onde ficou decidido que Lisandra seria a tutora legar da criança de cinco anos, sendo que o pai estaria autorizado a ficar com o menino durante um fim-de-semana de 15 em 15 dias e em datas festivas de forma alternada.

Lisandra garante que “até à passada segunda-feira ele nunca procurou o filho. Ele não têm ligação nenhuma uma vez que o pai não o vê desde que ele tinha um ano e pouco”.

A PSP de Elvas já informou a divisão da PSP da zona de residência da família paterna do menino, na região de Almada, mas até ao momento ainda não foi possível encontrar o paradeiro de pai e filho.