Bombeiros de Elvas com três equipas no combate aos incêndios rurais

O dispositivo de combate aos incêndio rurais arrancou no concelho de Elvas às zero horas do passado dia 15 de maio.

No quartel dos Bombeiros Voluntários de Elvas encontram-se, “nesta primeira fase, que vai até dia 31 deste mês, três equipas: duas de combate a incêndios e uma de abastecimento aos veículos de combate, num total de 12 elementos”, de acordo com Tiago Bugio (na foto), comandante da corporação elvense.

“Entre os dias 1 e 30 de junho, passamos para o nível III de combate a incêndios e vamos manter estes meios. No dia 1 de julho, vamos reforçar com mais uma equipa de combate a incêndios, contando o concelho com 17 operacionais. O nível IV vai durar de 1 de julho a 30 de setembro”, sublinhou.

A corporação elvense conta, atualmente, “com cinco veículos florestais de combate a incêndios, um ligeiro de combate a incêndios, dois veículos de comando e dois de abastecimento. Portanto, em termos de meios temos uma boa capacidade. De recordar que contámos com a ajuda da população elvense, quer da Câmara Municipal, quer das Juntas de Freguesia, para adquirirmos alguns destes veículos”.

Durante a fase mais musculada de combate a incêndios florestais, de 1 de julho a 30 de setembro, o Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais (DECIR) no distrito de Portalegre vai contar com 441 elementos, entre equipas de bombeiros, da GNR e do ICNF, apoiados por 105 veículos.