Santa Casa de Campo Maior não abre creche dia 18

As valências de creche e pré-escolar, da Santa Casa da Misericórdia de Campo Maior, encontram-se encerradas desde o dia 16 de março, à semelhança do que acontece um pouco por todo o país, devido à pandemia de covid-19.

Com a reabertura prevista para dia 18 de maio, próxima segunda-feira, das creches e jardins de infância, no dia 1 de junho, várias instituições debatem-se com as normas impostas pela Direção Geral da Saúde (DGS), como a proibição de contacto físico, distanciamento entre as crianças ou ausência de brinquedos partilhados nas salas.

Em Campo Maior, a Santa Casa da Misericórdia decidiu “adiar” a abertura das valências uma vez que é necessário fazer alterações nos espaços “para poderem ir de encontro às regras da Direção Geral da Saúde”, segundo Luís Machado, provedor da Santa Casa campomaiorense.

Luís Machado, provedor da Santa Casa campomaiorense, refere que “ainda é preciso apurar a vontade dos pais de que as crianças regressem a este espaço”.

O Jardim-de-infância “O Despertar” iniciou a sua atividade em 1983 com capacidade para acolher 143 crianças, desde os 4 meses até ao ingresso no 1º ciclo do ensino básico, sendo assim consubstanciado pelas valências de creche e pré-escolar.