Hospital de Elvas retomou consultas e cirurgias

As consultas, cirurgias e restante atividade assistencial não urgente, suspensas desde meados de março, devido à pandemia, estão a ser retomadas, progressivamente, desde 20 de abril, nos dois hospitais (Elvas e Portalegre) da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), como acontece com todas as unidades hospitalares do país.

Vera Escoto (na foto à direita), diretora clínica da ULSNA, explica que, durante o período em que não se realizaram consultas presenciais, as mesmas foram colmatadas através de telefone ou videochamada. “A ULSNA tem um projeto piloto de teleconsulta, ao nível da consulta de diabetes e coagulação, em que se pode interagir com o doente, desde que tenha um computador em casa”, explica.

Consultas e cirurgias de doentes oncológicos, assim como ao nível da imagiologia e da patologia clínica, adianta Vera Escoto, sempre foram asseguradas. “Agora estamos, lentamente, a recomeçar, com mais força”, remata.

Para a reabertura da atividade normal nas unidades de saúde, tem sido adotado um conjunto de medidas como reforço de equipamento de proteção de profissionais, higienização e reorganização de locais, como as salas de espera.