Testes em hostels disparam positivos em Lisboa

Os testes realizados a emigrantes alojados maioritariamente em hostels serão responsáveis pelo grande aumento de casos positivos na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde nos últimos três dias entre 5 e 7 de maio se verificou um aumento de 13% de casos positivos registados, com mais 799 casos.

No passado dia 25 de abril, as autoridades sanitárias iniciaram a realização de testes a pessoas de nacionalidade estrangeira, alguns  são requerentes de asilo em Portugal e outros trabalhadores estrangeiros hospedados em diversos locais, com especial destaque para os hostels da cidade de Lisboa. Há locais onde estavam alojadas mais de 200 pessoas.