Fim do estado de emergência preocupa enfermeiro Miguel Tavares

O Governo decretou a não renovação do estado de emergência devido à pandemia de Covid-19, à meia noite de ontem, levantando algumas das restrições que estavam associadas.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, veio já apelar à população para que continue com as medidas que vinham tomando até aqui, que evitem o contacto social e mantenham as medidas de higiene.

O enfermeiro campomaiorense, Miguel Tavares (na foto), vê este levantamento do estado de emergência com “alguma preocupação porque as pessoas devem ter consciência que o que foi feito até aqui foi com o esforço de todos e não pode ser deitado por terra”.

Miguel Tavares adianta que “é necessário continuar com o uso de máscaras e outras medidas para que continuemos a ser um exemplo para todos”.

De recordar, que apesar de este domingo o país já não se encontrar em estado de emergência, continua a ser proibido circular fora do concelho de residência, à semelhança do que aconteceu na Páscoa.