Alentejo é a região com menos obesidade infantil

Segundo os resultados preliminares da 5ª fase do COSI Portugal, sistema de vigilância nutricional infantil integrado no estudo Childhood Obesity Surveillance Initiative da OMS,  a região Alentejo é aquela que, em Portugal, apresenta a menor prevalência de obesidade infantil.

A taxa de obesidade infantil, no Alentejo, é de 9,7%, sendo o resultado nacional de 12%. Quanto ao excesso de peso, na região o valor ronda os 24%, enquanto a média nacional é de quase 30%.

Em três anos, de 2016 para 2019, registou-se, segundo o estudo, um decréscimo de 3,2% na prevalência do excesso de peso e de 2,5% da obesidade infantil.

Para este estudo, foi usada uma amostra de cerca de 700 crianças, dos seis aos oito anos, de 19 escolas de 1º ciclo do ensino básico, da região Alentejo.