ULSNA esclarece internamento de doente com Covid-19

À redação da Rádio ELVAS chegaram diversas denúncias sobre a forma com o os doentes eram internados no Hospital de Santa Luzia sem ser feito o teste à Covid-19. Ainda esta semana essa situação terá alegadamente acontecido, com um homem que deu entrada na urgência com alteração de consciência e que terá sido internado sem ser feito o teste de despistagem.

Vera Escoto (na foto), diretora clínica da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), refere que “o doente foi observado e internado com um diagnóstico de presunção, de acordo com os sintomas que apresentava. Posteriormente foram feitas várias análises, entre elas o teste de covid. Quando chegou o resultado, o doente foi transferido para as enfermarias de covid”.

Na mesma “queixa” era referido que os profissionais de saúde andavam expostos a este vírus sem proteção. Sobre este assunto, Vera Escoto garante que “todos os profissionais de saúde do hospital usam proteções, uma vez que, hoje em dia, qualquer pessoa pode ser doente covid”.

De recordar que o Hospital de Santa Luzia, à semelhança de outras unidades hospitalares, dispõe de um espaço reservado para acolher doentes de Covid-19.

A Rádio ELVAS aconselha a lavar as mãos muitas vezes, manter uma distância mínima de dois metros com outras pessoas, ficar em casa e não abandonar o concelho de residência no fim-de-semana alargado de 1, 2 e 3 de maio (de sexta-feira a domingo). Pela sua saúde, pela saúde de todos!