Estado de emergência não será renovado

O Presidente da República anunciou que o estado de emergência não será renovado por uma terceira vez e que cessará à meia-noite de dia 2 de maio.

No entanto, Marcelo Rebelo de Sousa (na foto) espera “não ser necessário, no futuro, recorrer novamente a um estado de emergência. Se for necessário, isso será ponderado. O que interessa agora, nesta nova fase, é que os portugueses têm de ter a noção de que a contenção continua a ser importante”.

O anúncio foi feito na sede do Infarmed, em Lisboa, depois de uma reunião com vários especialistas, que serviu para avaliar a evolução da pandemia de Covid-19 em Portugal.