GNR apreende 700 maços de tabaco em Campo Maior

Foto arquivo

O Comando Territorial de Portalegre da GNR procedeu à apreensão de mais de 850 gramas de folha de tabaco triturado, 740 cigarros contrafeitos, uma máquina elétrica de encher cigarros e cerca de 37 euros em dinheiro.

A apreensão decorreu ontem, terça-feira, dia 21, por volta das 18 horas quando os militares da patrulha do Comando Territorial de Portalegre da GNR através do destacamento de intervenção,  se aperceberam de uma venda de artigos, por parte de um homem de 67 anos, junto à entrada de um estabelecimento, em Campo Maior, explicou o Major Davis Pires, Oficial de Relações Públicas do Comando Territorial de Portalegre da GNR.

O Major afirma que “o nervosismo dos intervenientes despertou a atenção dos militares, que fazendo uso da sua experiência abordaram o proprietários do estabelecimento. Esta situação constitui uma contra ordenação e o processo vai ser instruído pela unidade de ação fiscal da GNR”.

O Major David Pires acrescenta que “apesar de poder ser aliciante às pessoas comprarem tabaco contrafeito, mais barato que aquele vendido nas tabacarias, alerta-se que este tipo de produto passa fora do controlo de todas controlos de qualidade, não existindo qualquer garantia para a saúde publica, desaconselhando este tipo de prática.”