Associação de Futebol de Portalegre entra em lay-off

A Direção da Associação de Futebol de Portalegre (AFP) decidiu implementar o regime de lay-off simplificado, uma medida extraordinária e temporária, que tem como objetivo a manutenção dos postos de trabalho.

O cancelamento das competições e de toda a atividade desportiva colocou o universo do futebol e do futsal em grandes dificuldades, a AFP está a sentir, igualmente, o impacto financeiro que resulta desta paragem. Por isso, a AFP, depois de debater a solução com os funcionários, decidiu implementar o regime de lay-off simplificado, com efeitos imediatos.

A Direção afirma que “vivemos um momento delicado, com a grande maioria dos sectores de atividade muito afetados, devido à pandemia do Covid-19” e afirma conhecer e compreender “as dificuldades dos clubes e parceiros”, pois sentiu “a quebra de receitas inerente à falta de atividade”.

Assim, a AFP, considera “fundamental recorrer a todos os instrumentos que permitam assegurar a sustentabilidade da associação” e agradece, por fim, “a compreensão dos funcionários”, pela “postura disponível e solidária manifestada neste momento difícil”.