“Isolamento social não é fácil em Bruxelas”, diz Sandra Madeira

O novo coronavírus já fechou escolas, parou indústrias, turismo e até algumas companhias aéreas já entraram em lay off, como é o caso da TAP.

A realidade é que não se sabe quanto tempo mais vai durar esta paralisação mundial.

Em Portugal o estado de emergência foi prolongado até dia 17 de abril, sendo que apenas é permitido sair de casa para trabalhar e fazer compras essenciais.

Sandra Madeira (na foto) vive em Bruxelas, capital da Bélgica, e refere que “não tem sido fácil controlar o isolamento social. As pessoas não se limitam a ficar em casa e os belgas são piores que nós emigrantes”.

Oiça aqui.