Junta da Extremadura intervém em lares de Placência e Cáceres

A Junta da Estremadura, em Espanha, pôs em prática um plano de intervenção sanitária em mais dois lares da região vizinha, em Placência e Cáceres.

A partir desta terça feira, 31 de março, dois lares de idosos, um na cidade de Placência e outro em  Garrovillas de Alconétar (Cáceres) vão ser convertidos em pequenos hospitais, que funcionam como unidades de Medicina Interna, como já foi feito em Arroyo de la Luz, na província de Cáceres, onde despoletou a maior parte dos casos de infetados e de mortos na Estremadura espanhola. No lar daquela localidade, segundo informou o Ayuntamiento de Arroyo de la Luz, morreram 17 dos utentes internados.

José María Vergeles, conselheiro de Saúde da Junta da Estremadura, afirmou que deste modo aquelas estruturas “deixaram de ser centros sociais para se transformar em instalações de saúde”. Aos profissionais desses equipamentos, vão ser dadas instruções para que os familiares dos utentes afetados pela doença sejam informados. Trata-se de uma medida que faz parte do plano de contingência dos lares de terceira idade, com o objetivos de evitar contágios e proporcionar uma atenção eficaz e adequada a todos os seus utentes.