Turismo de Portugal tem linha de apoio a empresários

O Alentejo foi a região que mais se destacou em crescimento turístico nos últimos tempos e tinha tudo para continuar a crescer, mas o surto da Covid-19, veio desmoronar um trabalho que tem sido feito a longo prazo.

Teresa Moreira, técnica superior do gabinete de apoio ao empresário e investimento da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, diz que “este é um dos setores mais afetado com o surto da Covid-19”.

O Turismo de Portugal “criou já uma linha de tesouraria para microempresas do sector do turismo, no valor de 60 milhões de euros, que avança com um apoio de 750 euros por cada trabalhador, durante três meses, até ao montante máximo de 20 mil euros por empresa”, indicou a técnica.

Esta é a primeira linha dedicada ao turismo a entrar em vigor no âmbito das respostas ao surto do novo coronavírus e impactos na economia.