Residência do IPP aberta para 70 alunos estrangeiros

Os alunos do Instituto Politécnico de Portalegre (IPP) continuam em aulas, através do método de ensino à distância, à semelhança do que acontece nas restantes instituições de ensino superior do país, sendo que as instalações das escolas superiores de Portalegre e Elvas estão abertas apenas para alguma eventualidade.

Albano Silva, presidente do IPP, explica que a maioria dos funcionários se encontra em teletrabalho, mas é mantido sempre o contacto com os alunos, para se saber como estão a nível de saúde.

Quanto às residências, Albano Silva explica que apenas a de Portalegre está aberta e por lá permanecem cerca de 70 alunos estrangeiros, que estão por cá ao abrigo do programa Erasmus. A estes alunos, as refeições são servidas em regime de take-away.

Estes alunos mantêm-se isolados nos seus quartos, adianta Albano Silva, para que esta pandemia “passe depressa”. “Está cada um no seu quarto, com muita atenção à higiene e às saídas e pouca aglomeração”, revela ainda.

Até medida decretada em contrário, as atividades letivas e não letivas presenciais do Instituto Politécnico de Portalegre estão suspensas até ao dia 13 de abril.