Governo de Espanha aprova paralisação de atividades não essenciais

O Conselho de Ministros do Governo de Espanha aprovou, nesta tarde de domingo, dia 29, a paralisação de atividades não essenciais no país. Esta medida tem início amanhã, segunda-feira, dia 30 e vigora até 9 de abril.

María Jesús Montero, porta-voz do Governo e ministra das Finanças, afirmou, depois do Conselho de Ministros, que o objetivo desta medida é “reduzir a mobilidade e reforçar as medidas de confinamento, de forma a reduzir a propagação do novo coronavírus”.

No entanto, apesar destes trabalhadores ficarem em casa, continuarão a receber o seu salário com normalidade e, quando terminar essa situação, os trabalhadores terão de compensar de forma paulatina, ou seja, de forma gradual, as horas não trabalhadas.