Morreu Miranda Calha antigo dirigente do PS

Júlio Miranda Calha, antigo dirigente do Partido Socialista (PS), faleceu neste sábado dia 28, vítima de AVC.

Júlio Francisco Miranda Calha, tinha 72 anos e era um veterano quadro do Partido Socialista, professor de profissão.

Depois do 25 de abril, foi membro do sindicato dos docentes, sendo militante do PS desde a primeira hora.

Miranda Calha tem um curriculum impressionante de cargos públicos e atividade cívica. Foi o autarca mais novo em idade após a revolução de 1974, tendo sido eleito para deputado, pelo circulo de Portalegre por 13 vezes, uma pelo Porto e outra por Lisboa. Foi vice-presidente da Assembleia da República, deputado na XII Legislatura; secretário de Estado dos Desportos em vários Governos socialistas, secretário de Estado da Administração Regional e Local; e desempenhou o cargo de secretário de Estado da Defesa Nacional.

Deputado à Assembleia Constituinte e deputado à Assembleia da República nas I, II, III, IV, V, VI, VII, VIII, IX, X e XI Legislaturas; governador Civil de Portalegre; presidente da Assembleia Municipal de Portalegre; presidente Comissão Parlamentar de Defesa Nacional; e presidente da Comissão do Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local.

Membro das Comissões de Administração Interna, Poder local e da Juventude da Assembleia da República; membro da Assembleia Parlamentar da União da Europa Ocidental; membro da Comissão de Defesa da Assembleia Parlamentar da União da Europa Ocidental; vice-presidente da Assembleia Parlamentar da NATO; presidente da Comissão de Segurança e Defesa da Assembleia Parlamentar da NATO; vice-presidente da Comissão Económica da Assembleia Parlamentar do Atlântico Norte; presidente da Sub-Comissão para a Convergência e Cooperação Económica Este-Oeste; presidente da Sub-Comissão para a Cooperação Atlântica em matéria de Defesa e Segurança; membro da Comissão de Segurança e Defesa da Assembleia Parlamentar do Atlântico Norte; e relator geral da Comissão de Segurança e Defesa da Assembleia Parlamentar do Atlântico Norte.

Miranda Calha foi professor no Liceu Nacional de Portalegre; director da Escola Preparatória de Castelo de Vide; fundador e membro da Direcção do Sindicato dos Professores do Distrito de Portalegre; director Semanário Regional “A Rabeca”; e ainda membro fundador da Cooperativa “Rádio Portalegre”.

Sofria de problemas cardíacos e, nesta última semana, sentiu-se mal tendo vindo a falecer neste sábado.

A Rádio ELVAS apresenta as mais sentidas condolência à familia enlutada.