1500 enfermeiros disponíveis para combate ao Covid-19

Mil e quinhentos enfermeiros voluntariaram-se para reforçar o apoio à linha telefónica SNS 24, os cuidados intensivos nos hospitais e as unidades de hemodiálise por causa da pandemia covid-19, indicou hoje a bastonária da Ordem dos Enfermeiros.

Após uma audiência com o Presidente da República, Ana Rita Cavaco disse que a Ordem lançou um apelo aos enfermeiros para reforçar os serviços de saúde.

Na sequência desse apelo, mais 800 enfermeiros estarão disponíveis para a linha de atendimento SNS 24, 400 para as unidades de cuidados intensivos dos hospitais e 300 para as unidades de hemodiálise, de acordo com a Direção Regional Sul da Ordem dos Enfermeiros