Novas práticas na Funerária Luísa Velez

A Agência Funerária Luísa Velez, em Elvas, está a cumprir as medidas adotadas, com intenção de evitar a propagação de Covid-19, na realização dos funerais.

Luísa Velez, a proprietária, explica que as medidas que adotou passam por manter a loja fechada e os clientes podem contactar através de telemóvel. Quanto à realização de funerais, os mesmos só podem “ter até 10 pessoas e os velórios têm apenas a duração de, no máximo, 40 minutos, com a urna fechada”.

Luísa Velez explica que, no caso da pessoa ter falecido por COVID-19, ou se não souber exatamente a causa da sua morte, opta por não vestir a pessoa, porque “vestir um corpo é uma grande responsabilidade nossa e não podemos correr riscos”. Relativamente ao material de proteção, a proprietária da Agência Funerária afirma que dispõe de “luvas e batas preparadas para transportar a urna e tudo é devidamente desinfetado”.

Quanto ao facto de, neste momento, as pessoas terem tendência a aglomerar-se numa última despedida e neste momento não ser possível da forma habitual, Luísa Velez afirma: “é complicado, estamos a lidar com sentimentos, porque é uma despedida, mas não há a despedida tradicional, temos de cumprir regras e as pessoas têm de compreender as novas normas”.