Espanha tem 2182 mortos e mais de 33 mil infetados

A situação da COVID-19, em Espanha, continua a apresentar números dramáticos: nas últimas 24 horas, o país vizinho atingiu 2182 mortos e 462 destes ocorreram nas últimas 24 horas. O número de infetados já últrapassou os 33 mil em território espanhol.

Pedro Sanchez (na foto), presidente do Governo de Espanha, enfrenta o maior desafio do país nas últimas décadas e vê os números a agravar dia-a-dia.

Em Espanha, os mortos são, em grande escala, pessoas de idades acima dos 80 anos, onde 17 em cada cem doentes faleceram. A taxa de mortalidade em Espanha é de seis por cento e a distribuição desta taxa por idades é bastante diferente: dos zero aos 9 anos 0%; dos 10 aos 19 anos 0,5%; dos 20 aos 29 anos 0,3%; dos 30 aos 39 anos 0,1%; dos 40 aos 49 anos 0,3%; dos 50 aos 59 anos 0,6%; dos 60 aos 69 anos 2,2%; dos 70 aos 79 anos 5,2%; e com 80 ou mais anos de idade 17,9%.