Bebé nasceu esta manhã no SUB de Estremoz

Nestes dias precisamos de boas notícias e sobretudo de histórias felizes. A secção regional da Ordem dos Enfermeiros divulgou a informação.

“As Enfermeiras foram apanhadas de surpresa e por umas horas esqueceram o COVID – 19

O Rodrigo quis nascer esta terça-feira de manhã, às 11 horas, fora de uma maternidade e longe de uma sala de partos, mas muito carinhosamente recebido por três Enfermeiras que se encontravam a trabalhar no Serviço de Urgência Básico (SUB) do Centro de Saúde de Estremoz. No meio da confusão, com as atenções todas focadas num atirador furtivo que ataca sem avisar, um bebé saudável de 2. 750 kg veio a este mundo com a esperança de poder crescer feliz . O empenho das Enfermeiras naquele parto foi diferente. Sentiram que a Vida continua a acontecer. Viveram-se momentos de muita emoção naquele SUB.

Na verdade, o Rodrigo deveria ter nascido na maternidade do Hospital de Évora. A parturiente chamou os Bombeiros Voluntários de Estremoz que logo acudiram. Porém, percebendo o estado da grávida, optaram por a deslocarem para o Centro de Saúde, onde funciona o SUB, para que fosse transferida para uma viatura SIV, que ali está destacada, e seguirem depois para Évora.

Chegados ao Centro de Saúde, a Enfermeira Marta Félix foi ao encontro dos bombeiros para saber o que se passava. Ao ver a mulher, logo percebeu que já não havia tempo para chegar ao Hospital. O Rodrigo era um alentejano com pressa de nascer e já espreitava cá para fora. Imediatamente a Enfermeira deu ordens para que fosse levada para o interior das instalações e dez minutos depois vinha ao mundo exterior um rapaz robusto e saudável.

A felicidade da mãe do bebé foi muito carinhosamente partilhada pelas Enfermeiras Marta Félix, Luísa Rodrigues e Inês Mouquinho, e pelos dois médicos que também as apoiaram. Depois de devidamente preparados, bebé e mãe foram transportados para a maternidade do Hospital de Évora para outros cuidados.

Neste período em que as notícias vão em sentido contrário, um parto tão inesperado voltou a colocar no ponto certo o sentido da vida e fez reavivar a alegria de ser Enfermeiro. Felicidades para o Rodrigo.

Antes deste nascimento, a rotina naquele SUB estava focada, sobretudo, no COVID – 19. O Alentejo continua sem casos registados de infecção pelo novo coronavírus, mas, conforme nos explicou a Enfermeira Marta Félix, as pessoas estão muito preocupadas e continuam a exercer pressão sobre o Centros de Saúde, presencialmente, em vez de optarem pelos contactos telefónicos, tal como está indicado.”

Na Rádio ELVAS apoiamos as boas notícias, aquelas que nos dão ânimo a nós e aos nossos ouvintes. Parabéns ao Rodrigo aos pais e à equipa do Serviço de Urgência Básico (SUB) do Centro de Saúde de Estremoz.