Presidente da República convoca Conselho de Estado para quarta-feira

Foi na noite de ontem, domingo, dia 15, que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa decidiu falar ao país acerca da pandemia de Covid-19 e sobre o atual estado da situação.

Marcelo Rebelo de Sousa começou por dizer que “tenho acompanhado minuto a minuto a situação e ao analisar esta situação e para analisá-la decidi convocar o Conselho de Estado para quarta-feira, dia 18, para que se debruce sobre a eventual decisão de decretar o Estado de emergência.”

O Presidente da República dirigiu uma segunda palavra para agradecer “a verdadeira quarentena voluntária dos portugueses nos últimos dias, o civismo, a maturidade, a compreensão e respeito pelos outros”. Agradeceu também ao pessoal de saúde que “trabalha 24 sob 24 horas, pelo desafio que agora é enorme e por esse desafio e dedicação e vos agradeço”, às forças de segurança e estruturas que apoiam o pessoal de saúde e que fazem circular pessoas e mercadorias.”

Por fim, Marcelo diz que “não é preciso apelar ao que já existe, aos que estão em quarentena que estejam por mais uns tempos”, aos menos jovens pediu que “saibam compreender e resistir, aos mais jovens para que respeitem os menos jovens.”

Mais que o apelo o Presidente da República tem uma certeza “vencemos pestes e a pneumónica, vencemos crises económicas e financeiras, e agora vamos vencer, o que é preciso decidir, será decidido, as medidas serão tomadas”.

Marcelo Rebelo de Sousa terminou dizendo que “com os órgãos de soberania juntos, unidos, com o Presidente, o Parlamento, o Governo e os partidos, porque aquilo que nos une é mais importante do que aquilo que nos pudesse dividir e vamos vencer!”