A experiência Uniraid por José Carvalho e Bruno Mocinha

José Carvalho e Bruno Mocinha (à esquerda e à direita, na foto ao lado), a dupla de elvenses que participou no passado mês de fevereiro no projeto solidário Uniraid, em Marrocos, estiveram esta quinta-feira, dia 12, no Magazine de Informação e Música na Rádio ELVAS, para nos falarem da sua experiência.

A dupla teve como principal objetivo angariar material, junto das empresas da região para depois distribuir pelas crianças de Marrocos, ao volante de uma Renault 4L.

Bruno Mocinha referiu que “o projeto superou bastante as expetativas”, sendo que quando chegaram a Marrocos é que perceberam realmente “as verdadeiras necessidades das crianças e a total dimensão do projeto”. Sob a orientação de Roadbook, que indicava distâncias e em conjunto com as indicações de uma bússola, é que a dupla elvense se ia orientando etapa pós etapa.

José Carvalho afirmou à Rádio ELVAS, antes da partida, que o seu maior receio era que a viatura não regressasse em condições a Elvas; hoje, assegurou que “chegou com as quatro rodas, porque pouparam a viatura, principalmente nas montanhas, onde cada vez que o carro batia nas rochas era como se me estivessem a bater a mim”, refere José. No entanto, apesar do carro ter chegado intacto tiveram algumas peripécias, “como um furo e ficaram sem velocímetro e conta quilómetros”

Bruno Mocinha disse que, no terreno, “com as crianças, é que se sente o verdadeiro espírito do Uniraid”, em Marrocos o que lhe deu “mais prazer foi a distribuição dos kits”, porque quando os entregavam às crianças abriam as mochilas e elas quando viam a quantidade de material e roupa que havia dentro das mesmas, enchia-as de felicidade, “e ver o sorriso e emoção na cara delas, marcou-nos muito”, confessou Bruno Mocinha.

No carro, a dupla elvense levou mais de 100 quilos de produtos; no entanto, uma equipa passou por Elvas, para levar mais caixas e sobraram ainda algumas que vão ser doadas ao MTA em Elvas, referiu Bruno Mocinha.

Bruno Mocinha destacou, essencialmente, “que, com tão pouco, conseguiram fazer dezenas de crianças felizes”. Para José, há a destacar também “a felicidade das crianças apenas com uma caneta”.

Bruno Mocinha pensa em participar novamente no projeto solidário e apela aos elvenses que também queiram participar que o contactem, para que mais elvenses representem a cidade neste projeto.

Foi no passado mês de fevereiro que esta dupla elvense participou no projeto solidário Uniraid, que envolveu cerca de 160 equipas de Portugal e de Espanha.