Monte Selvagem: o mundo animal para descobrir no Alentejo

A reserva animal Monte Selvagem abriu portas, em Lavre, no concelho de Montemor-o-Novo, há quase 16 anos.  Este é um projeto com uma vertente educativa, recreativa e interativa, que nasce de um sonho de uma família, e que se tem afirmado como um dos destinos mais procurados na região Alentejo.

Ana Paula Santos, diretora do parque, convidada de hoje do Magazine de Informação e Música da Rádio ELVAS, explica que, quando o projeto arrancou, procuraram acolher animais confiscados pelas autoridades, sempre “com a preocupação de alojá-los em condições de bem-estar”.

Ao todo, a reserva animal conta com cerca de 70 espécies selvagens, entre as quais se encontram crocodilos, macacos e araras. “Proporcionar habitats alternativos para animais que necessitem e promover o contacto das populações com a Natureza, protegê-la, conservá-la e educar para a sua sustentabilidade” é a principal missão desta reserva natural.

Ao longo dos anos, o Monte Selvagem tem sido distinguido e premiado por diversas vezes. Entre os galardões, constam o de Melhor Empreendimento de Animação Turística do Alentejo, pela Entidade de Turismo, assim como o prémio Cinco Estrelas.

Este prémio Cinco Estrelas, já atribuído ao Monte Selvagem dois anos seguidos, tem apresentado ainda um estudo de mercado, que revela que o público que mais visita este espaço é oriunda de Lisboa e Porto. As escolas, adianta ainda Ana Paula, são um dos principais públicos-alvo do Monte Selvagem.

O Monte Selvagem conta com um espaço com 20 hectares, que combina uma reserva de biodiversidade, um parque de lazer e um projeto pedagógico. Está aberto ao público durante nove meses do ano, de fevereiro a outubro.