Irmã Fátima e MTA em entrevista na Rádio ELVAS

A Quaresma é o período de 40 dias que antecede a principal celebração dos cristãos que é o mistério da morte e ressurreição de Jesus, designada de Páscoa. Este período começa na quarta-feira de cinzas, depois do Carnaval, quando os cristão são convidados a refletir e orar.

A irmã Maria de Fátima Magalhães (na foto), responsável pelo Movimento Tereseano Apostólico (MTA) de Elvas, explica que “a Quaresma surge ligada à frase Converte-te ao homem e acredita no Evangelho”.

Os donativos feitos este ano pelos católicos da Arquidiocese de Évora na chamada “renúncia quaresmal” serão atribuídos às duas comunidades contemplativas femininas presentes na arquidiocese alentejana: a Ordem da Imaculada Conceição no Mosteiro de Campo Maior e à Família Monástica de Belém da Assunção da Virgem e de S. Bruno, que tem o seu mosteiro em construção, no Couço, no concelho de Coruche.

A irmã Maria de Fátima Magalhães, responsável pelo Movimento Tereseano Apostólico (MTA) de Elvas foi a convidada de hoje do Magazine de Informação e Música na Rádio ELVAS.