Artista Nuno Ezequiel em entrevista na Rádio ELVAS

Nuno Ezequiel, artista plástico, natural de Vila Boim, esteve esta tarde de segunda-feira, dia 17, em entrevista no Magazine de Informação e Música, na Rádio ELVAS.

Professor de artes, em Setúbal, a lecionar no primeiro ciclo, Nuno Ezequiel assume já ter lecionado, durante 12 anos, Educação Visual a jovens do 2º ciclo, afirmando que existe uma diferença entre estas anos de escolaridade: “nas crianças há a ingenuidade, nos mais velhos já lhes foram impostas barreiras”. Já nas crianças considera que a ingenuidade lhes confere estimulação para criar, o que muitas vez está a ser feito ao contrário, ou seja, também já estão a criar barreiras na sua criatividade, ao invés de a estimular.

Nuno Ezequiel está ligado às Artes Plásticas desde sempre e realiza diversos tipos de trabalho, desde pintura de azulejo, desenho a carvão, ilustração de livros, mas é também trabalha a escultura. Neste sentido, o Museu Municipal de Fotografia João Carpinteiro, em Elvas, tem patente uma exposição que é dedicada a este artista, para mostrar todo o processo de embelezamento dos carros alegóricos, desde os projetos iniciais, até ao resultado final, através de 40 fotografias. Nuno Ezequiel afirma que a exposição tem como título “Esculturas Efémeras”, porque “as esculturas não são duráveis, acabam por ficar danificadas no próprio desfile”.

Em 1997, Nuno Ezequiel construiu o primeiro carro alegórico, para o grupo de Carnaval de Vila Boim, numa altura em que existiam muitos carros alegóricos neste desfile; depois disso, começou a ser convidado pelo Município de Elvas para embelezar os restantes carros; este trabalho é algo que lhe confere ao artista “um grande gosto.”

Este ano, são “quatro os carros alegóricos que vão integrar o Carnaval Internacional de Elvas”, segundo o artista, “dois a pedido da Câmara Municipal e outros dois solicitados por associações da cidade.”