Câmara de Borba defende segurança dos munícipes

O Ministério da Administração Interna e o Município de Borba assinaram um Contrato Local de Segurança, na sequência dos incidentes ocorridos no quartel dos Bombeiros Voluntários da cidade.

Este contracto visa a cooperação institucional entre o Ministério da Administração Interna e a Câmara Municipal de Borba, com o objetivo de reduzir das vulnerabilidades sociais do concelho e promover o sentimento de segurança da comunidade borbense.

O presidente da Câmara Municipal de Borba, António Anselmo, garantiu “que este contrato pretende também mostrar que o trabalho tem que ser feito em conjunto com as diversas entidades do concelho para integrar as pessoas da melhor forma possível”.

O Contrato Local de Segurança vai desenvolver-se em quatro fases: elaboração do diagnóstico local; formulação do plano de intervenção; implementação das medidas e monitorização e avaliação.