Jovens de Campo Maior “Pro-Movem-Se” perante empresas da região

Os jovens que compõem a equipa de Campo Maior, a Alpha Maior, do programa Pro-Move-Te, da associação Coração Delta, do grupo Nabeiro, deram-se a conhecer, na manhã desta sexta-feira, 14 de fevereiro, a um conjunto de empresários da região, no Centro Cultural da vila.

O objetivo deste programa, que tem por base o combate ao desemprego jovem, passa por dotar estes mesmos jovens de ferramentas que os possam ajudar no processo de inserção laboral.

O Pro-Move-Te, assegura João Muacho, presidente da Câmara de Campo Maior – parceira da Coração Delta neste programa – “é muito importante para este grupo de jovens desempregados”. O autarca adianta que o município comparticipa este projeto com cerca de 7.500 euros, um valor que considera “muito bem empregue”, porque “tudo aquilo que possa criar capacidades e novas dinâmicas nos jovens, na procura de emprego, é sempre um bom investimento”.

Nesta iniciativa, em Campo Maior, participam agora apenas quatro jovens, o que, do ponto de vista de João Muacho, é sinal que a taxa de desemprego na vila é bastante reduzida, lembrando que empresas como a Delta e a Hutchinson proporcionam trabalho a muita gente.

Do grupo de quatro jovens que integram esta equipa de Campo Maior, encontra-se Marisa Carral. É um dos mais recentes elementos da Alpha Maior e garante é um objetivo comum deste grupo ingressar, o quanto antes, o mercado de trabalho. O trabalho de entreajuda é uma das maiores vantagens deste programa, garante.

Já Marília Caldeira garante que esta tem sido uma “experiência muito positiva”, adiantando que, a trabalhar em equipa, um dos principais fundamentos deste programa, tudo se torna mais fácil. Paulo Paixão, por sua vez, fala numa experiência muito enriquecedora, revelando que procura trabalho na área da contabilidade.

De recordar que esta mesma sessão, mas dirigida aos jovens que integram a equipa do Pro-Move-Te, em Elvas, aconteceu, na passada quarta-feira, no Museu de Arte Sacra da cidade.