Hospitalização domiciliária alargada a todos os hospitais

À semelhança do que já acontece em Elvas, onde o Hospital de Santa Luzia conta, desde o final do ano passado, com o serviço de hospitalização domiciliária, o Governo quer implementar este serviço em todos os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS), no máximo até 2021.

Segundo a ministra da Saúde, Marta Temido, é o bjetivo que “a hospitalização domiciliária como resposta seja uma realidade em todos os hospitais” sendo que  “há especificidades que resultam da própria vocação do hospital”.

De recordar que uma das apostas do Orçamento do Estado para este ano na área da Saúde é “o alargamento da hospitalização domiciliária a mais dez hospitais” e, para tal, “há uma verba de mais de um milhão de euros prevista para a contratação de recursos humanos apenas para estas equipas”.