Grupo de Pais de Santa Eulália solidários com o CATL

O Centro de Atividades de Tempos livres (CATL) vai nascer em Santa Eulália, pela vontade de um grupo de pais desta freguesia do concelho de Elvas.

Este projeto surge da necessidade de criar um ATL para as crianças em Santa Eulália, uma vez que, nas férias, os pais não tinham onde deixar as crianças. Apesar da Câmara Municipal de Elvas ter o programa Férias Ativas, “este tem uma lacuna que é a hora de almoço”, como explicou Ana Alves, representante do grupo de pais de Santa Eulália, “uma vez que os pais não têm a capacidade de ir buscar os filhos a essa hora.”

Havendo esta necessidade, Ana Alves sugeriu aos pais do pré-escolar e primeiro ciclo e conseguiu que se criasse este grupo composto por seis encarregados de educação, sendo um representante de cada sala, para que fosse mais fácil chegar a todos os pais. Ana Alves afirmou em entrevista na Rádio ELVAS que “este projeto gerou um grande interesse e expetativa por parte da população”, em conjunto com a Associação Humanitária e Junta de Freguesia de Santa Eulália, que “são as muletas” deste grupo de pais, segundo Ana Alves.

Para angariar verbas para este projeto, este grupo de pais organiza o evento solidário “Fados e Sopas” que decorre no Pavilhão Multiusos de Santa Eulália na próxima sexta-feira, dia 31, a partir das 20 horas, e conta com dez fadistas do concelho (Toy Faria, Helena Brita, Manuel Ventosa, Ana Magarreiro, Zezinha Morcela, Jéssica Silva, Rosa Maria, Paula Garcia, Joana Nascimento e Vítor Pires). Haverá também sete sopas tradicionais, bem como  petiscos. O valor da entrada são cinco euros e inclui uma tigela de sopa, uma vez que as mesmas são à descrição, enquanto as bebidas e petiscos são pagos à parte. Esta iniciativa conta também com sorteio de rifas.

O evento vai ao encontro da apresentação do projeto que tem como tema “Aprender a ser, estar e fazer, para ser inteligente a valer!”, em que “a base é a brincadeira e aprender ao mesmo tempo, terá um cariz didático e pedagógico, contará com workshops de cozinha, música, hipismo, ambiental, jogos, desporto”. Esta “é uma forma criativa para que as crianças, nas férias escolares, aprendam mais e relembrarem conteúdos do ano letivo”.

A verba da iniciativa “Fados e Sopas” reverte para despesas relacionadas com o CATL. Quanto ao espaço onde vai nascer este centro, Ana Alves refere que “o mesmo será cedido brevemente, mas ainda não existe um local definido, esperando que o mesmo possa estar a funcionar já nas férias de verão”.

Ana Alves aproveitou a oportunidade para solicitar a quem tiver materiais didáticos como jogos ou cadernos, bem como material escolar, que o possa ceder à Junta de Freguesia de Santa Eulália, uma vez que, desta forma, seriam menos os materiais a adquirir.

A representante do grupo de pais que querem ver nascer este CATL em Santa Eulália afirmou ainda que é ”tudo feito a pensar nas crianças, uma vez que estas são a prioridade”.