Cuidados a ter com o aquecimento nas noites frias

Muitos dos acidentes domésticos que acontecem por esta altura do inverno, sobretudo nas noites mais frias, têm a ver com a utilização de lareiras, braseiras ou salamandras.

Rui Conchinha, comandante distrital de Operações de Socorro de Portalegre, lembra que os cuidados, por vezes, são poucos, recomendado atenção redobrada na utilização deste tipo de equipamentos.

O comandante distrital de operações de socorro de Portalegre lembra ainda que o depósito de cinzas deve ser feito em locais próprios. “Registam-se ainda muitas ocorrências devido, às vezes, a más práticas de despejar cinzas em caixotes de lixo que não são próprios”, recorda, assegurando que “a grande maioria dos municípios do distrito tem reservatórios metálicos próprios para este tipo de despojos”.

As mangueiras e os redutores utilizados nos aquecedores a gás, por sua vez, têm uma vida útil e devem ser substituídos, evitando situações de libertação de gás. “Todo o cuidado é pouco para evitar acidentes desnecessários”, assegura ainda Rui Conchinha.

Já a Direção-Geral de Saúde recomenda que se evite dormir muito perto das fontes de calor; que se apaguem ou desliguem os sistemas de aquecimento antes de se sair de casa; e que se promova uma boa circulação de ar, não fechando completamente as divisões da casa.