Salário mínimo subiu para 635 euros

salarioO salário mínimo nacional passou, no dia 1 de janeiro, de 600 para 635 euros, uma medida que, segundo o Governo, abrange cerca de 720 mil trabalhadores e cuja proposta não mereceu o acordo dos parceiros sociais.

Este aumento do salário mínimo saiu em Diário da República a 21 de novembro de 2019, depois de ter sido aprovado em Conselho de Ministros. Antes disto, a proposta foi apresentada em sede de Concertação Social, mas não mereceu a aprovação dos parceiros.

Segundo o líder da CGTP o valor apresentado pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, não é suficiente tendo em conta a evolução da economia.

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, afirmou que, “se houvesse acordo para ser assinado”, da parte da central sindical “estaria assinado”.

Para António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal, 635 euros para 2020 é “um objetivo ambicioso, tal como o objetivo para 2023”, de atingir 750 euros em 2023.