Cristina Jantarão e Bárbara Franco (CEN) na Rádio ELVAS

Ana Cristina Jantarão, treinadora no Clube Elvense de Natação (CEN), e Bárbara Franco, nadadora no clube no escalão de juniores, estiveram hoje, segunda-feira, dia 6, na Rádio ELVAS, no Magazine de Informação e Música.

Nadadora e posteriormente treinadora, Ana Cristina Jantarão está liga ao CEN, desde os seus 10 anos, tendo por ali feito o seu percurso até à data. Classifica este percurso como “uma paixão por aquilo que se gosta de fazer” assumindo “gostar muito” daquilo que faz, sendo que “a natação é um desporto especial e é preciso gostar-se muito, para se praticar”.

A natação tem uma vertente lúdica, mas também a parte de fisioterapia que os outros desportos não têm, a nível de postura, entre outros, como refere a treinadora. Ana Cristina Jantarão afirma que para esta época, o objetivo é  “conseguir alcançar os nacionais na modalidade”, o próximo grande desafio é, em março, para o nacional em Coimbra, para juvenis, juniores e seniores.

Aos seus atletas, a treinadora afirma que transmite que, “o segredo do sucesso é o trabalho conjunto entre treinadora, nadador e pais, para que tudo resulte e ainda, conseguir conjugar tudo, para além do gosto pela modalidade e de querer chegar mais além.

Bárbara Franco pratica natação desde os três anos de idade, entrou na modalidade por impulso dos pais e, neste momento, teina diariamente desde as 19 horas às 21 horas. A atleta de 15 anos afirma que consegue conciliar a natação com os estudos, porque “a base desta conciliação é a organização, só assim há tempo para tudo”. Bárbara tem vindo a alcançar alguns pódios em diversos torneios e refere que estes resultados refletem o seu trabalho e acrescenta que tem vindo a evoluir sempre com vista a poder melhorar os seus tempos.

Para o futuro, a atleta tem como grande objetivo “participar nos jogos olímpicos”, até lá afirma que tem de “subir no ranking nacional, melhorar os tempos e obter ainda um pódio nacional”.

O Clube Elvense de Natação tem atualmente 46 atletas federados entre os escalões de cadetes a seniores, masculinos e femininos, e conta com 150 alunos nas escolas, desde os seis meses até aos 70 anos.